Maio Amarelo em São Paulo

Durante todo o mês de maio, é realizado o movimento mundial Maio Amarelo, que tem como objetivo alertar sociedade e governos sobre os altos índices de mortes e feridos no trânsito. Em São Paulo, a ação é coordenada pela Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes, CET e SPTrans, e apoio do SindResBar-SP.

Em vários pontos da cidade é possível ver orientadores conversando com pedestres e motoristas sobre a importância de ter mais prudência no trânsito. Para quem está de carro, há faixas e distribuição de panfletos. Os pedestres, além de orientações para atravessar na faixa de pedestre e esperar o sinal verde, há experiências sensoriais, como usar máscara para ter a mesma sensação do deficiente visual, ou atravessar a rua usando a cadeira de rodas. Tudo isso, para que os números de acidentes diminuam. No Brasil, 50 mil pessoas morrem, todo ano, e mais 440 mil ficam com sequelas.

Para saber mais sobre o Maio Amarelo, acesse os sites maioamarelo.prefeitura.sp.gov.br ou maioamarelo.com.

 FOTOS
 

Coronel Luiz Eduardo Pesce de Arruda (superintendente de Educação no Trânsito da CET), Sérgio Avelleda (secretário municipal de Mobilidade e Transportes), Wilson Luiz Pinto (presidente SindResBar) e José (CET)

Coronel Luiz Eduardo Pesce de Arruda (superintendente de Educação no Trânsito da CET), Mario Fanucchi (assessor da Presidência da CET), Wilson Luiz Pinto (presidente SindResBar), Sérgio Avelleda (secretário municipal de Mobilidade e Transportes), José (CET) e Edson Passafaro (assessor da Presidência da CET)

 

Edson Passafaro (assessor da Presidência da CET), Wilson Luiz Pinto (presidente SindResBar) e Cid Torquato (secretário municipal de Acessibilidade e Inclusão)

Edson Passafaro (assessor da Presidência da CET) orienta João Octaviano Machado Neto (presidente CET) na travessia com cadeira de rodas. Atrás, Wilson Luiz Pinto (presidente SindResBar) faz a experiência do deficiente visual

Mostrar mais

Artigos relacionados

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar